RSS

Arquivo mensal: setembro 2017

Hoje não

por do sol

Hoje não.
Hoje não quero nada maior,
Por mais significante que seja,
Que não o bater de asas de uma borboleta.
Hoje não quero versos demais e nem poesia
Tão complexa que não seja aquela
Que seja um só verso:
Eu te amo.
Não quero me dar a muito pensamento,
Nem a abstrações
De porque a Lua gira ao redor da Terra.
Isso tudo é muito importante,
Mas não hoje.
Hoje de nenhuma maneira.
Hoje quero apenas um por de sol alaranjado,
A brisa e o mar.
Se não tiver nada disso,
Que seja eu tudo e minha imaginação.
Hoje não quero nada que não seja o que quero.
Que eu seja meu desejo e nada mais
E que tudo se realise como mágica,
Que eu viva um conto de fadas
E no final seja feliz para sempre.
Hoje não quero dormir,
Pois amanhã posso acordar
E meu sonho se desfaça
Com o mais belo nascer do Sol.

S. Quimas

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 9, 2017 em Poesia

 

Tags: , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: