RSS

Arquivo da tag: crença

A dor em mim é tão completa

Prometeu

Prometeu

 

A dor em mim é tão completa
E dela minha alma
Assim tão repleta,
Que a ela, por companheira,
De todo se afeiçoou.
Melhor senti-la,
Do que o vazio do nada.
Melhor perder-se num sem sentido,
Por mais atroz que o seja,
Do que a crença vazia
Numa prece jamais atendida.
Melhor a ferida
Que de todo acutila,
Pois real,
Do que a malfadada esperança
Que jamais se consuma.

Meu corpo se verga
Diante do dilema de permanecer
Aprisionando minha alma.
O cativeiro se esvai
E o laço se enfraquece,
Tudo vai se diluindo,
Feito a névoa
Consumida pelo sol que teima
A renascer a cada dia.
Já não há luz
Em meu espírito aturdido,
Somente visões de quimeras.
Perco-me nos abismos dos desencontros,
Na tortura que me consome viver
Sem ter de fato existido-me.
Tudo é vão e soa oco.
Arremessado na montanha
Sou Prometeu torturado,
Um degradado do Olimpo,
Um deus sem preces
E destituído de todo o culto.
Algo em mim canta, é música,
Mas meus ouvidos estão surdos,
Morreram para toda a clareza.
Navego sem bússola,
Sem destino.
Sequer sei se para o abismo,
Ou para o Paraíso.
Tudo é tão diáfano,
Tão vilmente impreciso.

Como alguém há de suportar tanta dor?
Como há?

S. Quimas
28.VII.2017

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 29, 2017 em Poesia

 

Tags: , , , , ,

Filosofando

Chimpanzé

A primeira grande doença que assola o mundo se chama: certeza baseada em opinião pessoal.
A segunda: crença aparte fatos.
A terceira: aceitação por resignação, muitas vezes por covardia, ou mesmo cumplicidade.
Daí, advêm a terminal: inconsciência, permitida ou maliciosa.
Há mais verdade em fezes do que aquilo que a boca propaga.

S. Quimas

 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 4, 2017 em Outros Textos

 

Tags: , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: